Radial 3 - Estudo de Microclima e Desempenho Lumínico (NBR 15.575 ) - Ca2

Radial 3 – Estudo de Microclima e Desempenho Lumínico (NBR 15.575 )

A Ca2 desenvolveu a análise técnica para atendimento aos requisitos de desempenho lumínico da NBR 15.575 e o estudo de microclima, para o empreendimento residencial Radial 3, localizado em São Paulo.

 

Desempenho Lumínico

Com base na metodologia da NBR 15.575–1 para desempenho lumínico (item 13) e 13.2.1 Critério – Simulação: Níveis Mínimos de iluminância Natural, foi elaborado um estudo computacional de luz natural para análise de todas as diferentes unidades habitacionais.

Edifício e entorno modelado para simulação de luz natural.

Para verificação de atendimento à norma o nível mínimo de iluminância no ponto central do ambiente deve ser de 60 Lux (observa-se que, especificamente, para ambientes em pavimentos térreos o nível mínimo pode ser 48 Lux).

Por meio do valor demarcado na área central dos ambientes é possível verificar a permeabilidade da luz e nível medido no centro de cada ambiente.

Estudo de Microclima

Foi considerado para o estudo: o acesso solar, a velocidade dos ventos predominantes e o efeito nas condições de conforto humano, com o objetivo de fornecer informações sobre as consequências microclimáticas do projeto, permitindo que os projetistas adequem o design na medida do possível, melhorando assim as condições de conforto nos espaços externos.

• Análise dos Ventos

Principais direções de ventos ocorrendo no terreno

O vento é um fator essencial para o conforto percebido dos pedestres. O efeito do vento sobre as pessoas pode ser dividido em duas categorias. O primeiro é chamado de “efeito mecânico” e é o efeito direto da força do vento sobre as pessoas e objetos, como guarda-chuvas, papéis soltos e chapéus e o segundo tipo é o “efeito térmico”, que, quando combinado com a temperatura do ar, a chuva ou a umidade influenciam o estado de conforto térmico de uma pessoa.

Ambientes construídos influenciarão os comportamentos dos ventos ao ar livre. Quando o vento atinge os edifícios, ele é modificado por eles.

• Acesso Solar

O conforto térmico em espaços externos será afetado pela exposição solar direta à pele humana, quando combinada com outros fatores climáticos, como umidade, velocidade do vento e temperatura do ar, além de fatores humanos, como vestimentas, gênero e taxas metabólicas.

O objetivo deste estudo é compreender as horas acumuladas de exposição solar direta de áreas pedestres ao ar livre durante períodos específicos de uso, a fim de estimar qualitativamente os riscos de desconforto, bem como identificar a adequação de atividades específicas para áreas externas.

Acompanhe a Ca2
Facebook
YouTube
Pinterest
Pinterest
LinkedIn
Instagram