A Importância da Acústica em Espaços Comerciais - Ca2

A Importância da Acústica em Espaços Comerciais

Os estudos de experiência do consumidor nos espaços comerciais envolvem diversos aspectos. Uma marca cuida de forma estratégica e deve controlar fatores como o cheiro e o som nos pontos de venda. Para se ter uma ideia do impacto desses fatores, segundo Julian Treasure ( TED Talks 2009), no varejo a escolha incorreta ou falta de cuidado com os sons causa a perda de até 30% das vendas.

Um som desconfortável ou um ambiente excessivamente ruidoso faz com que as pessoas saiam mais rápido das lojas,  não retornem para efetuar novas compras ou talvez nem se interessem em entrar no estabelecimento. O conforto acústico em restaurantes, shoppings, lojas ou outros estabelecimentos impacta de forma significativa na experiência dos usuários e são fatores decisivos na hora da compra. Não se preocupar com as condições acústicas dos ambientes pode representar a perda de muitos clientes e oportunidades de negócio.

Certamente você já esteve em um restaurante barulhento e teve dificuldades de entender ou conversar com a pessoa que estava sentada ao seu lado.

Muitos estudos já foram divulgados a respeito dos impactos negativos para a saúde por exposição prolongada ao ruído. Diversos aspectos influenciam na qualidade acústica de um ambiente, tais como : pisos, sistemas de paredes, tetos, móveis e até o número de pessoas que ocuparão o espaço. Para solucionar essas questões, materiais com boas características de absorção sonora irão melhorar a inteligibilidade da fala e reduzir o nível de ruído.

Como projetar a acústica de espaços comerciais

A acústica é uma área que necessita ter um contato bastante próximo com outras disciplinas, pois diversos fatores interferem nas características sonoras do ambiente. Não basta ter atenção aos materiais, a qualidade da execução e instalação podem modificar os resultados finais.

Alguns problemas como portas e janelas mal vedadas, tubulações não isoladas, camadas mal feitas entre paredes, tetos e pisos ou até uma alvenaria de baixa qualidade podem ser pontos para “vazamento do som”, afetando assim a transmissão sonora.

O principal ponto de partida ao projetar objetivando o conforto acústico é a consideração do uso do espaço. É a função do ambiente que irá definir quais as soluções acústicas necessárias.

A criação de um restaurante com materiais de bloqueio, por exemplo, pode reduzir ruídos externos, mas não será capaz de melhorar as condições acústicas internamente. Em um caso como esse, o som dentro do espaço pode ser amplificado, tornando o local excessivamente barulhento.

As dimensões e formas do espaço também irão modificar o curso das ondas sonoras e afetarão o nível em que o som chega aos ouvidos dos usuários. Quando possível, é interessante avaliar no layout se ambientes sensíveis ao ruído como quartos e locais de descanso podem estar localizados distantes de fontes importantes de ruído. Por isso, o quanto antes um profissional especialista em acústica estiver envolvido na concepção do projeto, maiores serão as possibilidades de ter um excelente desempenho acústico como resultado final.

Além de considerar o uso do espaço, é necessário identificar as fontes de ruído internas e externas, para a partir disso selecionar soluções. A seleção de materiais é essencial para alcançar os objetivos acústicos , seja por meio da absorção, isolamento ou bloqueio do som.

Soluções de lã de rocha por exemplo, ajudam no controle do som e podem ser opções eficazes na limitação da vibração e transmissão do som em espaços.

Fontes: Himmel, Building Enclosure

Imagem Destaque: Owa 

Nos siga nas redes sociais: Instagram ca2 linkedin ca2 facebook ca2 youtube ca2 pinterest ca2

Cadastre-se para Receber Nossos Conteúdos e Novidades.

Ao se inscrever você concorda com a nossa Política de Privacidade

* indicates required