Casa Conceito vai expor materiais sustentáveis na Greenbuilding Brasil 2016 -

Casa Conceito vai expor materiais sustentáveis na Greenbuilding Brasil 2016

A Greenbuilding Brasil Conferência Internacional e Expo 2016 apresentou pela primeira vez um Espaço Casa Conceito de 60m² projetado sob os critérios de sustentabilidade para edificações residenciais. O espaço expõe uma série de soluções originais e avançadas de materiais e produtos sustentáveis relacionadas às categorias abordadas pelas certificações LEED e Referencial GBC Brasil Casa.

Os visitantes puderam conhecer soluções como o uso de madeira com certificação FSC, com painéis informativos que orientam sobre a escolha e as melhores aplicações desse tipo material, além de películas de proteção para janelas e equipamentos de refrigeração de alta tecnologia, que resfriam o ambiente e, ao mesmo tempo, economizam energia.

Também foram expostos alguns produtos presentes no dia a dia, e que são de instalação simples, como torneiras com restrição de vazão, descargas inteligentes e chuveiros com regulagem de pressão, demonstrados em peça fixados no interior da Casa Conceito.

“O espaço foi concebido não só para demonstrar o conteúdo do Referencial Casa e de uma certificação, mas também para orientar sobre a implantação da sustentabilidade em uma construção residencial e aproximar o público de tais conceitos”, comenta Maria Carolina Fujihara, arquiteta e coordenadora técnica do Green Building Council Brasil, organização não governamental responsável pelo evento.

A Casa Conceito teve seu projeto desenvolvido pela RVA Arquitetura e a consultoria ambiental da Ca2 Consultores Ambientais Associados, empresa especializada em consultoria em sustentabilidade, eficiência energética e conforto ambiental de edificações. Durante seis meses, os profissionais discutiram a viabilidade técnica e econômica de residências sustentáveis para encontrar um exemplo que pudesse ser exposto na feira. “O objetivo era responder se residências sustentáveis são possíveis e, alinhando a nossa experiência em projetos de baixo impacto ambiental com as diretrizes sustentáveis do Referencial Casa GBC Brasil, concluímos que sim desde que sejam consideradas as questões ambientais no início do projeto, contando também com uma equipe multidisciplinar e respeitando o clima e localização da residência”, afirma Marcelo Nudel, sócio-diretor da Ca2 Consultores Ambientais Associados.

Também foi apresentado, no evento, um projeto modelo para casa sustentável. Chamado de Modulabi: Habitação Modular de Baixo Impacto Ambiental, a concepção arquitetônica e seus sistemas foram simulados em computador e serão apresentados graficamente para informar o público sobre os benefícios energéticos desse projeto desenhando com conceitos da arquitetura bioclimática na habitação sustentável. O modelo foi produzido para a cidade de São Paulo levando em conta suas características de clima e com o uso de tecnologias sustentáveis para geração de energia, economia de água, materiais de baixo impacto ambiental e humano e melhoria nas condições de conforto ambiental interno. Marcelo Nudel apresentou esse e outros projetos em uma das sessões educacionais do evento.

No Brasil, o Referencial GBC Brasil Casa já recebeu 33 pedidos de certificação dentre os quais 3 já foram emitidos. Destes, a casa Catuçaba, do Stúdio MK27, teve a certificação nível máximo no país, a primeira com o selo Platina do Referencial. A construção concilia bem estar, conforto e beleza com uma proposta radical de autossuficiência.

A casa produz, por meio de painéis fotovoltaicos e uma pequena turbina eólica, toda a energia que consome. Essa é armazenada em uma bateria, pois a residência não está conectada a nenhuma rede de distribuição elétrica. Ela também utiliza, consome e trata toda a água em seu próprio projeto. Lair Reis, um dos coautores da obra, palestrou sobre essa e outras iniciativas do escritório durante as Sessões Técnicas da Greenbuilding Brasil 2016.

A construção da Casa Conceito teve parceria de empresas como Trane, com produtos de distribuição de ar, Deca, com torneiras e válvulas inteligentes, parafusos para piso Rothoblaas, aquecimento de piso Danfoss, películas para janela Eastman e painéis em madeira e MDF Berneck. Também participaram do projeto, como consultores das aplicações e construção, a WWF Brasil e a arquiteta especialista em biomimética Alessandra Araújo.

Nos siga nas redes sociais: Instagram ca2 linkedin ca2 facebook ca2 youtube ca2 pinterest ca2

Cadastre-se para Receber Nossos Conteúdos e Novidades.

Ao se inscrever você concorda com a nossa Política de Privacidade

* indicates required