Chocolates Dengo: Fábrica e Showroom- Consultoria em Conforto Ambiental - Ca2

Chocolates Dengo: Fábrica e Showroom- Consultoria em Conforto Ambiental

O projeto no bairro de Pinheiros em São Paulo, foi desenvolvido para implantação de uma loja modelo integrada com uma fábrica para produção de chocolates artesanais.

A Ca2 atou na consultoria para desempenho térmico e lumínico, assim como na consultoria e projeto de acústica. Desenvolvemos o relatório técnico referente aos ambientes que compõem a fábrica de chocolates DENGO localizada na Av. Faria Lima , São Paulo, com área aproximada de 1.000 m².

O trabalho em acústica envolveu o controle de ruído interno e a equalização dos espaços visando conforto dos usuários e visitantes.

Cliente: Chocolates Dengo
Arquitetura: MFMM Arquitetos
Escopo: Conforto Térmico, Lumínico e Acústico
Local: São Paulo- SP, Brasil
Ano: 2017-2018

O desempenho acústico de um local, assim como o luminoso e o higrotérmico, depende fundamentalmente de sua atividade, pois ela determinará, em grande parte, os critérios de desempenho a serem cumpridos.

Os problemas acústicos de uma edificação qualquer podem ser resumidos basicamente em dois tipos: aqueles relacionados ao isolamento acústico e aqueles que estão mais voltados ao condicionamento acústico.

O primeiro dos problemas pode ser abordado sob duas vertentes: isolamento de fora para dentro e de dentro para fora da edificação. O primeiro baseia-se na norma brasileira NBR 10.152:2017 da ABNT – Acústica – Níveis de pressão sonora em ambientes internos a edificações, que recomenda valores de referência para avaliação sonora de ambientes internos a edificações, em função de sua finalidade de uso.

O valor estipulado pela NBR 10.152 da ABNT representa o valor de conforto e valor máximo admissível pela norma.

O condicionamento acústico dos ambientes em questão dá-se, principalmente, pelo tempo de reverberação; um dos principais critérios de desempenho acústico que garante a inteligibilidade dos sons, ou seja, a compreensão do que está sendo produzido como estímulo sonoro dentro do ambiente, seja palavra falada ou música.

Cada tipo de local tem um tempo de reverberação que depende de seu volume, das características de absorção das suas diferentes superfícies internas, de sua ocupação e de sua função.

Embora o escopo principal deste trabalho de consultoria seja a questão do isolamento dos ruídos gerados pelos equipamentos, é importante que se entenda que a forma como o ambiente receptor será tratado do ponto de vista de seus acabamentos internos (piso, paredes e teto) também influi no valor final de seu desempenho do ponto de vista dos níveis de ruído de fundo resultantes.

O nível de ruído interno máximo aceitável em um determinado ambiente e o valor resultante (ou seja, o “de fundo”) dependem de vários fatores:

  1. Dos níveis de ruído das fontes externas ao ambiente receptor e das soluções construtivas dadas à sua envoltória através do poder de isolamento de seus diferentes componentes, basicamente lajes, paredes e, principalmente, esquadrias;
  2. Das soluções de acabamento do espaço receptor através das características de absorção e isolamento das suas diferentes superfícies (piso, paredes e teto);
  3. Da distância entre o ponto a ser considerado e as diferentes fontes de ruído.

 

Nos siga nas redes sociais: Instagram ca2 linkedin ca2 facebook ca2 youtube ca2 pinterest ca2

Cadastre-se para Receber Nossos Conteúdos e Novidades.

Ao se inscrever você concorda com a nossa Política de Privacidade

* indicates required