Monto Concessionária - Conforto Térmico e Lumínico -

Monto Concessionária – Conforto Térmico e Lumínico

Escopo: Análise de Conforto Térmico e Lumínico.
Arquitetura: Quattro Arquitetura
Ano: 2018
Localização: São Paulo- SP

A Ca2 desenvolveu análise para conforto térmico e lumínico de concessionária de automóveis.

O trabalho visou identificar problemáticas de conforto térmico e lumínico e elaborar estratégias conceituais capazes de contribuir para a resolução dos problemas.

Desempenho Térmico

A análise desenvolvida se refere a percepção de conforto térmico dos ocupantes em relação às características da envoltória.

Esses estudos permitem o conhecimento da condição de conforto sobre diferentes tipos de envidraçados, orientando a especificação dos vidro de fachada e materiais de envoltória (paredes e cobertura).

Em função da orientação solar, consequentemente do recebimento de radiação solar e característica arquitetônica, observou-se que as superfícies de atenção devem ser as fachadas de vidro e cobertura.

Foram analisadas as condições de conforto na situação de projeto e em diferentes cenários realizando alterações na cobertura, cujo objetivo é a redução da transferência de calor pela radiação horizontal e tipologia de envidraçados, que possuem baixa resistência na transferência de calor vertical impactando bastante na quantidade de calor interna, portanto no conforto dos usuários e carga térmica do ar condicionado.

Desempenho Lumínico

Para a análise de conforto lumínico na concessionaria Vela considerou-se o desempenho geral da luz natural em cada pavimento no período de funcionamento da loja a partir da definição de níveis mínimos de iluminação de acordo com normas nacionais e internacionais, buscando para boa visualização e qualidade do espaço, percepção de cores e texturas.

Além da reprodução das características internas dos espaço, a qualidade do ambiente interno incorpora análise de conforto dos usuários em função de excesso de luminosidade ou ofuscamento.

Em função dos critérios de qualidade a análise foi utilizada para a simulação computacional dinâmica, o método de análise chamada Autonomia de Luz ou Daylight Autonomy, que possibilita a visualização anual da penetração da luz natural nos espaços de forma muito apurada se comparada com simulações estáticas ou de medição pontuais, pois, esta considera as condições climáticas e de céu reais e as horas de operação do edifício onde o uso de luz natural é determinante.

Também é possível estimar o uso de necessidade de complementação de iluminação com o sistema artificial, somente onde os níveis necessários para conforto não atendam, possibilitando a análise de eficiência energética.

Daylight Autonomy (DA) ou Autonomia de Luz, é uma análise anual de 50% do tempo das horas ocupadas que mostra os níveis de luz natural para uma illuminância específica. A análise em cada ponto do espaço mostra qual a proporcionalidade do tempo que o usuário terá luz natural ao nível especificado sem o uso de luz elétrica.

Nos siga nas redes sociais: Instagram ca2 linkedin ca2 facebook ca2 youtube ca2 pinterest ca2

Cadastre-se para Receber Nossos Conteúdos e Novidades.

Ao se inscrever você concorda com a nossa Política de Privacidade

* indicates required