Isolamento Acústico na Arquitetura - O que é e Tipos de Materiais - Ca2

Isolamento Acústico na Arquitetura – O que é e Tipos de Materiais

O que é isolamento acústico?

O isolamento basicamente cria uma “barreira” e bloqueia o som indesejado entre ambientes, proporcionando assim maior conforto acústico. Esse tipo de solução tem o principal objetivo de  impedir a passagem ou saída do som.

isolamento acústico é um tratamento que serve para atenuar a propagação sonora de um ambiente para outro, evitando a transmissão desses sons indesejáveis. Desta forma, a edificação consegue atenuar as interferências de sons externos, como o de trânsito por exemplo.

Do mesmo modo, o isolamento evita que sons produzidos em um ambiente interfiram nos espaços adjacentes, como acontece entre salas de aula vizinhas em uma escola.

Problemas causados pelo ruído

Diversos estudos e pesquisas mostram como o estresse, a irritabilidade e a perda de sono aumentam entre as pessoas expostas a níveis sonoros moderados, principalmente ao ruído do tráfego. Nas escolas, hospitais e ambientes de trabalho, o ruído tem um impacto igualmente significativo, levando a um aprendizado mais lento, convalescências mais longas e menor produtividade.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a questão do ruído excessivo se constitui como uma questão de saúde pública. A exposição longa ao ruído está relacionada com diversas doenças como o aumento da pressão arterial.

Leia Também: A importância de um Projeto de Acústica

Materiais para Isolamento Acústico

Quando se criam diversas barreiras, o som encontra maiores dificuldades para se propagar. O isolamento acústico é geralmente realizado com materiais capazes de barrar a energia sonora como: paredes de alvenaria, concreto, drywall, vidros laminados, janelas e portas ou até sistemas de paredes duplas.

A combinação de materiais com diferentes densidades é muito importante na hora de isolar um ambiente acusticamente. O uso de janelas duplas, portas de madeira maciça ou madeira com chapa de aço contribuem para um bom desempenho.

Deve-se ter muito cuidado com frestas nos fechamentos, pois isso pode afetar todo o conjunto. Borrachas e espumas podem ser usados para garantir que haja total estanqueidade nesses sistemas.

Desempenho de Fachadas – Características dos Materiais Construtivos

Empreendimento Atílio Leopoldo,  análise de desempenho térmico, lumínico e acústico (Ca2 Consultores) Incorporação: AMY – Arquitetura: PSA Arquitetura – Ano: 2019 –Localização: São Paulo

O conhecimento da capacidade de isolamento dos materiais de construção nos permite desenvolver projetos eficazes para cada situação e local. É essencial que o projeto considere também a melhor orientação, volumetria e disposição dos ambientes, não contando apenas com o alto desempenho da envoltória externa.

Materiais com maior massa, espessura e rigidez diminuem a vibração e consequentemente reduzem a transmissão do som. Já materiais porosos, como tijolos vazados, isolam menos do que materiais maciços. Porém, nem sempre essas características serão suficientes, dependerá muito do nível de isolamento necessário para o ambiente.

O ruído aéreo (transmitido através do ar) é um problema muito comum em grandes cidades. São exemplos de ruído aéreo: barulhos de carros, tráfego em geral, conversas ou músicas. A transmissão desse tipo de ruído ocorre principalmente por janelas, portas, frestas, paredes e pisos.

Considerando a proteção contra o ruído aéreo externo, os projetistas focam no sistema de fachada para barrar a transmissão. Reduzir a transmissão sonora através do sistema de fachada é um dos métodos para se alcançar os níveis de ruído aceitáveis (BATUNGBAKAL, 2013).

Isolamento de Portas e Janelas

Imagem: Divimon Acústica

O desempenho de uma janela irá depender do seu conjunto, envolvendo o vidro, o caixilho, as vedações desse caixilho, e da instalação desse sistema na execução em obra. Frestas e desalinhamentos na instalação podem gerar perdas significativas no isolamento acústico.

No caso de janelas, para maior isolamento podem ser utilizados vidros duplos ou laminados. Leia também: desempenho acústico de vidros.

Além das características de materiais e sua capacidade de isolamento, é importante observar se as portas e janelas precisarão se manter abertas com frequência no local.

Isolamento de Pisos

Imagem: Pinterest/ Viva Decora

Existem diversos materiais utilizados para promover o isolamento em sistemas de pisos, um exemplo são os “pisos flutuantes”, aplicados diretamente sobre o contrapiso, sem a necessidade de argamassa. A colocação é feita através de “encaixe” e com a utilização de mantas, o que colabora para o conforto acústico; São exemplos de “piso flutuante”, os laminados e vinílicos.

Drywall

O Drywall é uma excelente opção pois pode ser “preenchido” com lã de vidro, material com excelentes propriedades acústicas e que também proporciona conforto térmico.

O sistema é formado por um conjunto com placa de gesso e duas lâminas de cartão duplex. O material por si só já possui bom isolamento termoacústico, porém, como mencionamos o desempenho pode melhorar quando adicionados materiais fibrosos como a lá de rocha ou lã de virdro. (Fonte: Viva decora)

Ilustração: Viva Decora

Leia também: Projeto acústico na arquitetura: entenda como é o processo.

Nos siga nas redes sociais: Instagram ca2 linkedin ca2 facebook ca2 youtube ca2 pinterest ca2

Cadastre-se para Receber Nossos Conteúdos e Novidades.

Ao se inscrever você concorda com a nossa Política de Privacidade

* indicates required