O Que É Conforto Ambiental na Arquitetura ? - Ca2
O Que É Conforto Ambiental na Arquitetura ?

O Que É Conforto Ambiental na Arquitetura ?

O que é conforto ambiental ?

Entende‐se por conforto ambiental o conjunto de características ou estratégias capazes de fornecer boas condições térmicas, luminicas e acústicas que satisfaçam as necessidades humanas através de técnicas passivas no ambiente construído.

Isso significa que o ambiente deve ser pensado para proporcionar condições adequadas à realização das diversas atividades humanas como o estudo, o trabalho, o descanso e outras.

Os principais aspectos que definem o conforto ambiental na arquitetura são :

Conforto Ambiental é um termo que descreve um estado de satisfação do ser humano em um determinado espaço.

Estar em conforto ambiental significa que o espaço proporciona boas condições psicológicas, higrotérmicas, acústicas, visuais, de qualidade do ar e ergonômicas para a realização de uma tarefa humana, seja de lazer, trabalho, descanso ou estudo.” (Fonte: Bollnow, Otto Friedrich (2008). O homem e o espaço. Curitiba: UFPR)

Muitas vezes esses 3 parâmetros conflitam entre si, e é necessário que se conceba soluções integradas.

Conforto Térmico

Você já se viu em uma situação em que em um mesmo escritório mantido condicionado a uma temperatura adequada, digamos 23ºC , 24ºC algumas pessoas sentem frio, outras se sentem confortáveis e outras sentem calor? O que você experimentou nessa situação foram variações acerca da sua satisfação com o ambiente. Isso é chamado de conforto térmico.

Para atingirmos um estado individual de conforto térmico é necessário que haja uma determinada combinação harmoniosa entre fatores ambientais, físicos, psicológicos e fisiológicos.

Altas taxas metabólicas por exemplo, quando estamos exercendo atividade física exige uma condição ambiental diferente de quando estamos em posição sedentária.

Leia Mais em : Afinal, o que é conforto térmico ?

O que é conforto ambiental acústico ?

Podemos definir conforto acústico como uma sensação auditiva de bem-estar para executar as atividades necessárias em um determinado ambiente. Por exemplo, um escritório que proporciona conforto acústico nos permite trabalhar sem ter desvios de foco e atenção provocados por ruídos excessivos sejam eles internos ou externos.

O conforto é resultado de boas condições acústicas em um ambiente construído. Leia Mais : O que é Conforto Acústico?

Conforto Luminico

A luz, seja ela natural ou artificial, é um dos fatores que mais afetam nossa experiência com os espaços. Diferentes atividades pedem diferentes condições de iluminação, portanto, a luz deve permitir que o ambiente esteja adequado seja para o trabalho, estudo ou descanso.

A utilização de iluminação natural é benéfica à melhoria de produtividade e proporciona satisfação nos ambientes. Ao nos conectar com o ambiente externo, ela também é capaz de reduzir os níveis de stress e fadiga e auxilia na recuperação de pacientes em hospitais.

A quantidade de luz, a distribução, temperatura de cor, e outras características afetam além do conforto, o nosso ritmo circadiano, popularmente conhecido como “relógio biológico”. É o período de 24h sobre o qual se baseia o nosso organismo. Isso significa que o nosso corpo se comporta de maneiras diferentes que variam ao longo do dia – em ciclos.

Quando vai chegando o horário do pôr-do-sol – fatores como a emissão de uma “luz mais quente”, estimula a produção de melatonina, hormônio responsável, entre outras coisas,  pela regulação do sono, mostrando que o período de descanso se aproxima. Saiba mais no artigo: O que é temperatura de cor.

Atingir adequados níveis de iluminação natural, com reduzido risco de ofuscamento não é tarefa simples.

É necessário que se compreenda com precisão a trajetória solar em determinada localidade, avaliar zonas e horários de sombreamento, assim como possuir detalhado conhecimento acerca das condições lumínicas do céu específico da região em que se projeta.

A utilização de avançados métodos de análise computacional podem (e na maioria dos casos devem) ser utilizadas na exploração de opções de projeto capazes de fornecer as informações necessárias à concretização de metas de desempenho.

Conforto Ambiental e Sustentabilidade

A sustentabilidade real de edifícios começa com uma boa arquitetura. Existem soluções de projeto que são capazes de proporcionar maior eficiência energética (baixo consumo de energia), conforto ambiental e consequentemente afetam positivamente a saúde e qualidade de vida.

O uso de estratégias passivas como a iluminação e ventilação natural, traz ganhos para a saúde, para o bem-estar e também auxilia na eficiência energética ao torna o uso de equipamentos condicionadores de ar menos necessários.

Elementos de sombreamento, fachadas ventiladas, telhado verde, iluminação natural e ventilação cruzada são alguns dos recursos capazes de diminuir a carga térmica no interior dos edifícios. O cuidado para a especificação correta de materiais também irá afetar o desempenho ambiental.

A sustentabilidade na arquitetura envolve além das preocupações com conforto e eficiência energética, o impacto ao meio ambiente, energia dos materiais e uso de água e energia.

Leia também: Arquitetura Sustentável, o que é, vantagens e como projetar.

Conforto Ambiental e Arquitetura Bioclimática

arquitetura bioclimática é a retomada da observação do clima local e o aproveitamento dessas condições, utilizando materiais adequados para cada superfície e sistemas de sombreamento. No Brasil, país de clima tropical, isso é primordial.

Por consequência, o aproveitamento dessas condições trará conforto ambiental e tornará a construção mais eficiente, e portanto, mais sustentável.

Leia o artigo: Arquitetura Bioclimática

Como aplicar o conforto ambiental na arquitetura ?

Antes de selecionar estratégias que irão promover o conforto em edificações, devem ser utilizados avançados métodos de simulação e análise computacional para embasar as decisões corretas de projeto. A atenção às características dos materiais é um outro fator que deve ser estudado e simulado em programas próprios para isso.

É necessário conhecer o contexto local, orientação solar, bem como os diversos conceitos e estratégias para a aplicação correta das soluções e assim alcançar o objetivo de projetar uma edificação com desempenho e conforto.

Erros de Conforto Ambiental

Como o conhecimento do mercado acerca dos conceitos básicos em conforto ambiental é ainda superficial, é comum observar artigos e matérias que ressaltam atributos pseudo sustentáveis, e que ignoram esses fatos imutáveis da física. Exemplo abaixo:

“Utilizar a luz natural durante o dia assegura a máxima eficiência energética e o ambiente permanece com uma temperatura agradável em todas as estações do ano. Isso proporciona a economia de energia por conta da redução no uso de ar condicionado e aquecedores. Além do mais, os vidros proporcionam excelente proteção acústica por serem laminados” (Entrevista com Incorporador e Arquiteto de empreendimento residencial em Curitiba veiculado por site especializado)

Existem alguns fatos da física que nem o mais qualificado especialista em conforto ambiental na arquitetura conseguirá mudar:

  1. Grandes panos de vidro trazem luz natural. Mas fazem isso às custas de maiores ganhos térmicos e muitas vezes ofuscamento. Portanto grandes panos de vidro não são energeticamente eficientes em nosso clima;
  2. Vidros são relativamente leves em comparação com paredes opacas. Por isso vibram mais em exposição à ondas sonoras. Portanto grandes panos de vidro reduzem o desempenho acústico de um espaço;
  3. Vidros de alto desempenho / low-e reduzem as cargas térmicas de um edifício. Mas fazem isso às custas de significativa perda de luz natural. Vidros de alto desempenho não são portanto a melhor solução integrada para conforto ambiental.

Conforto ambiental integrado

Conforto ambiental integrado é portanto a prática de compatibilização ou otimização entre esses fatores. É física pura!

É como o equalizador de um aparelho de som: mexer em um parâmetro afeta diretamente os outros e o especialista em conforto ambiental integrado deve ser capaz de sugerir o ajuste fino ideal para todas as variáveis que afetam o conforto humano.

Pioneira no Brasil na união multidisciplinar nessas três áreas, a Ca2 aplica o conceito de conforto ambiental integrado em importantes projetos atualmente através de sua equipe multidisciplinar.

Atuamos nas frentes de conforto térmico, lumínico (luz natural) e acústico de forma integrada, compatibilizada e equalizada.

Como o avanço nas preocupações de conforto, principalmente no que tange ao atendimento à NBR 15.575 é fundamental que os projetos de alto desempenho sejam capazes de atingir essa equalização entre as variáveis do conforto ambiental.

Confira nossos ebooks clicando aqui

<< Ver Mais Artigos

Nos siga nas redes sociais: Instagram ca2 linkedin ca2 facebook ca2 youtube ca2 pinterest ca2

Cadastre-se para Receber Nossos Conteúdos e Novidades.

Ao se inscrever você concorda com a nossa Política de Privacidade

* indicates required